admin

Minha Experiência com o Esperanto

Minha Experiência com o Esperanto

Vicente Sales

Mia Sperto per Esperanto

Vicente Sales

Quando, em outubro de 2012, decidi correr a Maratona de Berlim 2013 imediatamente resolvi fazer um upgrade no meu Inglês para entendimento e conversação. Baixei uns cursinhos baratos em mp3 na internet mas, mesmo escutando todos os dias no trajeto para o trabalho, não progredi muito. Fiz, então, orçamentos em duas escolas de Inglês mas achei muito caro. Decidi:
“Vou me virar com o meu fraco Inglês mesmo”.

Kiam, en oktobro 2012, mi decidis kuri la Berlinan Maratonon 2013, mi tuj intencis plibonigi mian konon pri la Angla lingvo por interkompreno kaj konversacio. Mi elŝutis “mp3-ajn” malmultekostajn kursetojn, sed eĉ aŭdante ĉiutage dum la vojo al laboro, mi ne progresis. Do mi faris buĝetojn pri kursoj en 2 anglaj lernejoj sed mi trovis ilin tre multekostaj. Mi decidis:

“Mi solvos la problemon je mia baza kono pri la Angla mem”.

Em fevereiro de deste ano me lembrei do Esperanto, uma língua planejada e sem irregularidades, cujas 16 regras e características lógicas eu já havia aprendido há uns 20 anos, mas nunca tinha praticado. En Februaro ĉijare, mi ekmemoris pri Esperanto: planita kaj regula lingvo, kies 16 regulojn kaj logikajn karakterizaĵojn mi lernis antaŭ 20 jaroj, sed neniam praktikis.

Procurei na internet e encontrei várias páginas sobre Esperanto com cursos gratuitos e vídeos. Baixei e comecei o curso “Kurso.exe” e ao mesmo tempo
comecei outro kurso pela internet no site:
lernu.net e assisti aos filmes “Pasporto al la tuta mondo” no Youtube (http://youtu.be/OquSnGAKYGc).

Mi serĉis kaj trovis en interreto diversajn paĝojn pri Esperanto kun senpagaj kursoj kaj videoj. Mi elŝutis kaj eklernis “Kurso.exe” kaj samtempe
eklernis per interreto alian kurson ĉe “lernu.net”. Mi ankoraŭ spektis la filmeto “Pasporto al la tuta mondo” ĉe Youtube (
http://youtu.be/OquSnGAKYGc).

Nas buscas descobri a Sociedade Mineira de Esperantistas e passei a ir a algumas aulas, não formais, aos sábados e conheci dois esperantistas, com os quais me encontro para bater papo por uma hora às quartas-feiras. Per serĉiloj mi trovis la “SEM – Societo Esperantista de Minaso” kie nuntempe mi ĉeestas neformalajn klasojn. Per SEM mi konis esperantistoj kun kiuj mi renkontas por babili dum 1 horo merkrede.

Depois de 4 meses passei a considerar o Esperanto minha segunda língua porque eu já conseguia entender textos e, principalmente, áudios em
Esperanto mais facilmente do que em Inglês. Passei a receber também ajuda de uma esperantista do programa “Mia Amiko” (
http://esperanto.brazilo.org)
que corrigia os exercícios do “Kurso.exe” pela rede.

Post 4 monatoj mi ekkonsideris la Esperanton mia dua lingvo ĉar mi jam komprenis tekstojn kaj, ĉefe, aŭdiojn pli facile ol la Angla. Mi enskribiĝis ĉe la programo “Mia Amiko” (http://esperanto.brazilo.org) kaj ekricevis helpon de esperantistino kiu korektis miajn ekzercojn de “Kurso.exe” per la reto.

Pronto, sete meses depois, já tinha terminado os meus cursos de auto-aprendizado, liguei para um esperantista alemão e conversei pela primeira vez em Esperanto, com um estrangeiro. Parecia mágica. Falei sobre a Maratona em Berlim e, através dele, recebi o convite de um esperantista Francês para um encontro com esperantistas que este promove mensalmente em Berlim.

Post 7 monatoj, mi jam finis miajn memlernajn kursojn, mi telefonis al germana esperantisto kaj mi interparolis unua foje pere de Esperanto kun eksterlandano. Tio ŝajnis magio. Mi diris al li pri la Berlina Maratono kaj, per li, mi ricevis inviton de franca esperantisto por renkonto de esperantistoj, kiu li organizas ĉiumonate en Berlino.

Em Berlim, no dia 27 de setembro, nos encontramos e conversamos na única língua possível para mim naquele momento: o Esperanto. No dia 29 participei da maratona filmando e, empolgado, registrei momentos em Português (http://youtu.be/S0ibh19DFYs)
e momentos em Esperanto (
http://youtu.be/rXpJ82Xvvvk).

En Berlino, la 27a de septembro, ni renkontiĝis kaj babilis per la sola lingvo, ebla al mi en tiu momento: la Esperanto. En la 29-an, mi partoprenis filmante  la maratonon kaj, entuziasme, mi registris kelkaj momentojn en Esperanta lingvo (http://youtu.be/rXpJ82Xvvvk) kaj kelkaj en Portugala lingvo (http://youtu.be/S0ibh19DFYs).

Na semana seguinte em Barcelona participei de outro encontro com esperantistas Catalães num bate-papo bem descontraído e natural saboreando deliciosa cerveja no estilo “Drinku kaj Lernu” (Beba e Aprenda:
http://youtu.be/HGm34Dfoc6w
).
En la sekva semajno mi partoprenis en Barcelono alia renkonton kun katalunaj esperantistoj. Tie ni babilis libere kaj nature, gustumante tre bongustan bieron laŭ la stilo “Drinku kaj Lernu” (http://youtu.be/HGm34Dfoc6w).
Durante meu aprendizado, observei que muitos esperantistas consideram o Esperanto uma língua perfeita e que a mesma não precisa mudanças. Não é o meu caso, mas nessa experiência percebi que a língua funciona perfeitamente. Dum mia lernado, mi rimarkis ke multaj Esperantistoj konsideras Esperanton perfektan lingvon kaj ke ĝi ne bezonas ŝanĝojn. Mi ne konsentas, sed en tiu sperto mi konstatis ke la lingvo perfekte funkcias.

É claro que, com tão poucos esperantistas no mundo, de maneira geral eu tive de me virar com o Inglês mesmo. Mas agora posso dizer que aprender Esperanto é tão fácil e barato que, se todas as pessoas, em qualquer canto do mundo, que não podem pagar um curso de língua estrangeira, quisessem aprender Esperanto, em muito pouco tempo o Esperanto se tornaria a língua mais falada para comunicação internacional. Essa seria uma excelente ferramenta, por exemplo, para os países do bloco econômico BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e Africa do Sul), que possuem 5 línguas diferentes, facilitarem o intercâmbio de conhecimento entre seus cidadãos, em pouco tempo e com baixo custo para todos.


Se quiser saber mais sobre o Esperanto:



http://www.esperanto.net.


Um grande abraço,


Vicente
Sales – novembro 2013


Esperanto, mia dua lingvo


(Esperanto, minha segunda língua)

 

Kompreneble ke, kun tiom malmulte da esperantistoj en la mondo, ĝenerale mi solvis miajn problemojn je la angla mem. Sed nun, mi povas diri ke, lerni Esperanton estas tiom facila kaj malmultekosta ke, se ĉiuj homoj, kie ajn en
la mondo, kiuj ne povas pagi fremdan lingvan kurson, lernus Esperanton, en tre malmulte da tempo Esperanto fariĝus la plej parolatan lingvon por internacia komunikado.
Tiu estus bonega rimedo, ekzemple, por landoj kiuj partoprenas la ekonomian blokon BRICS (Brazilo, Rusio, Hindio, Ĉinio kaj Sudafriko), kiuj havas 5 malsamajn lingvojn, faciligi la scion interŝanĝon inter ĝiaj civitanoj, dum malmulte da tempo kaj kun malalta kosto por ĉiuj.


Se vi volas scii pli pri Esperanton alklaku:



http://www.esperanto.net.


Brakumon,


Vicente
Sales – novembro 2013


Esperanto, mia dua lingvo.

 

 

 

Leia mais

Esperanto no facebook

Esperanto no facebook

O Esperanto e a Internet são muito afins em termos de democratização da informação. A Internet é o meio de comunicação que mais tem crescido entre os usuários do Esperanto. Existem algumas centenas de páginas, de listas de discussão que tratam de temas que vão do uso da língua em família até a teoria da relatividade. O Esperanto é amplamente usado nos protocolos de conversação e nas páginas de relacionamento (facebook, google plus, etc).

Leia mais

Intraespo

ONGD dedicada ao desenvolvimento da economia esperantista, através de projetos setoriais de desenvolvimento e prestação de serviços aos associados, empreendedores que adotam o Esperanto como língua de trabalho.

Intraespo

Leia mais

Oomoto

Oomoto

Em 1924, a Oomoto iniciou suas atividades missionárias no Brasil e posteriormente, na América do Sul. Desde então, a Oomoto vem se tornando cada vez mais conhecida e difundida por seus ensinamentos e suas atividades que seguem, mundialmente, o lema em Esperanto, “Unu Dio, Unu Mondo, Unu Interlingvo” – “Um Deus, Um Mundo, Uma Língua Universal”

Leia mais

LBV – Legião da Boa Vontade

LBV – Legião da Boa Vontade

A LBV, Legião da Boa Vontade , também divulga o Esperanto e o utiliza como instrumento de divulgação de sua mensagem de amor, paz e fraternidade. Abaixo está o caminho para se ver o filme da participação da LBV no Congresso de Esperanto que aconteceu em São Paulo, no mês de julho.

Eis duas páginas da LBV em Esperanto.
www.bonavolo.com
www.tbv.com.br/esperanto
www.boavontade.com/esperanto

Leia mais

FEB – Federação Espírita Brasileira

FEB – Federação Espírita Brasileira

Promover o estudo, a prática e a difusão do Espiritismo, com base nas obras da Codificação de Allan Kardec e no Evangelho de Jesus; a prática da caridade espiritual, moral e material, dentro dos princípios espíritas; e a união solidária e a unificação do Movimento Espírita, colocando o Espiritismo ao alcance e a serviço de todos. Fortalecer, ampliar e aprimorar a ação do Movimento Espírita em sua atividade-fim, promovendo o estudo, a difusão e a prática da Doutrina Espírita é o que impulsiona a prática da missão da FEB
.

Leia mais

Fazenda Bona Espero

Fazenda Bona Espero

São cinquenta anos de trabalho em prol da melhoria e condições de vida de muitas famílias, lá de Alto Paraíso, Goiás. A Fazenda-Escola Bona Espero (Boa Esperança) tem contribuído para a alfabetização e melhoria de vida de muitas crianças dessa localidade do Brasil, ensinando Português e Esperanto, a Língua Universal, para que aqueles que lá estudam aprendam a se comunicar com o mundo inteiro e a receber ajuda também de outros países, como a Alemanha, que muito tem contribuído para a educação dessas crianças.

Sob a direção do casal Úrsula e Giuseppe Grattapaglia (ela alemã e ele italiano) atualmente são os que dirigem a Fazenda com zelo e bons préstimos a toda a comunidade de Alto Paraíso de Goiás. Vale a pena visitar Bona Espero !

Leia mais

Editora Lorenz

Editora Lorenz

A Editora Lorenz é uma editora de livros espíritas e esperantistas, e tem por finalidade difundir o Esperanto entre os espíritas e o Espiritismo entre os esperantistas. Fundada na cidade do Rio de Janeiro em 15 de dezembro de 1975 por esperantistas espíritas do Brasil e de vários países das Américas e da Europa.
A Lorenz colabora com a “Universala Esperanto-Asocio” (Associação Universal de Esperanto) como “Faka Asocio” desde 1996 na especialidade sobre “Spiritismo” (Espiritismo).
Sua atividade tem por base o Esperanto, lançado em 1887 pelo Dr. Lazaro Ludwiko Zamenhof, por ser esta uma língua internacional para uso de toda a humanidade, com a finalidade de aproximação dos homens e das nações, e o Espiritismo, codificado por Allan Kardec, no seu tríplice aspecto: filosófico, científico e religioso, conforme instruções dos Espíritos enviados pelo mestre Jesus.

Leia mais

Esperanto

Esperanto

Esperanto é uma língua auxiliar de comunicação internacional. Criada em 1887 pelo médico e linguista judeu-polonês Dr. Lázaro Luís Zamenhof.  O Esperanto é amplamente usado nos protocolos de conversação e nas páginas de relacionamento (facebook, orkut, etc). Páginas de Internet em e sobre o Esperanto são incontáveis.

Esperanto, língua internacional e neutra, que não pertence a nenhuma nação, além de um eficiente instrumento para a preservação de todas as línguas e culturas do globo.   A proposta do Esperanto é que cada povo continue a falar sua própria língua materna, mas que use o idioma neutro nas comunicações internacionais.

Leia mais

Livros em esperanto

Livros em esperanto

O Esperanto e a Internet são muito afins em termos de democratização da informação. A Internet é o meio de comunicação que mais tem crescido entre os usuários do Esperanto. Existem algumas centenas de páginas, de listas de discussão que tratam de temas que vão do uso da língua em família até a teoria da relatividade. O Esperanto é amplamente usado nos protocolos de conversação e nas páginas de relacionamento (facebook, orkut, etc). Páginas de Internet em e sobre o Esperanto são incontáveis

Leia mais

Cursos

Cursos

O Esperanto e a Internet são muito afins em termos de democratização da informação. A Internet é o meio de comunicação que mais tem crescido entre os usuários do Esperanto. Existem algumas centenas de páginas, de listas de discussão que tratam de temas que vão do uso da língua em família até a teoria da relatividade. O Esperanto é amplamente usado nos protocolos de conversação e nas páginas de relacionamento (facebook, orkut, etc). Páginas de Internet em e sobre o Esperanto são incontáveis

Leia mais

Liga Brasileira de Esperanto

Liga Brasileira de Esperanto

Há  104 anos divulgando o esperanto no Brasil.   Fundada em 1907 e Órgão de Utilidade Pública desde 1921.  www.esperanto.org.br

Saiba mais

Leia mais

História

História

Esperanto, língua internacional e neutra, que não pertence a nenhuma nação, além de um eficiente instrumento para a preservação de todas as línguas e culturas do globo.   A proposta do Esperanto é que cada povo continue a falar sua própria língua materna, mas que use o idioma neutro nas comunicações internacionais.

Leia mais

Cultura

Cultura

Esperanto, língua internacional e neutra, que não pertence a nenhuma nação, além de um eficiente instrumento para a preservação de todas as línguas e culturas do globo.   A proposta do Esperanto é que cada povo continue a falar sua própria língua materna, mas que use o idioma neutro nas comunicações internacionais.

Leia mais

Apoio Internacional

Apoio Internacional

Em duas ocasiões a Conferência Geral da Unesco, que se reúne a cada dois anos, aprovou uma resolução especial dedicada ao Esperanto. A resolução da Quarta Conferência Geral (Montevidéu 1954) foi resultado de uma campanha coordenada pela UEA, principalmente por seu diretor Ivo Lapenna.

Leia mais