História

História

Ludwik Lejzer Zamenhof (Luiz Lázaro Zamenhof) vivia em Bialystok (atualmente na Polônia, na época Império Russo). Em Bialystok moravam muitos povos e falavam-se muitas línguas, o que dificultava a compreensão, mesmo nas mais cotidianas situações, o que o motivou a criar uma língua auxiliar neutra, a fim de solucionar o problema.

Durante a adolescência, criou a primeira versão da “lingwe universala”, uma espécie de esperanto arcaico. O seu pai, entretanto, fê-lo prometer deixar de trabalhar no seu idioma para se dedicar aos estudos. Zamenhof então foi para Moscou estudar medicina. Em uma de suas visitas à terra natal, descobriu que seu pai queimara todos os manuscritos do seu idioma.

Zamenhof pôs-se, então, a reescrever tudo, adicionando melhorias e fazendo a língua evoluir.

O primeiro livro sobre o esperanto foi lançado em 26 de julho de 1887, em russo, contendo as 16 regras gramaticais, a pronúncia, alguns exercícios e um pequeno vocabulário.

1904

O primeiro encontro internacional de Esperanto ocorreu nos dias 7 e 8 de agosto de 1904, quando reuniram-se em Calais, Norte da França, 120 esperantistas de seis nacionalidades: inglesa, austríaca, belga, tcheca, francesa e alemã. Eles conversaram somente em Esperanto. Até então encontros de esperantistas de diferentes nacionalidades eram pessoais e raros. Esse evento foi então o primeiro encontro internacional, onde o Esperanto foi a única língua usada. O sucesso do evento resultou na famosa aclamação de Alfred Michaux, presidente do Grupo de Esperanto de Boulogne-sur-Mer: “Agora, eu convido-vos para o próximo ano em Boulogne para um verdadeiro, importante congresso esperantista!” Essa aclamação podemos ver como a origem histórica dos Congressos Universais de Esperanto.

Entre as questões discutidas durante o evento estava a decisão que o símbolo para reconhecer os esperantista seria a estrela verde de cinco pontas.

1905

Unua UK Em 1905 aconteceu o primeiro Congresso Universal de Esperanto, em Bolonha-sobre-o-Mar, na França, juntando quase mil pessoas, de diversos povos.

1908

Em 1908 foi fundada a Associação Universal de Esperanto (Universala Esperanto-Asocio – UEA),a maior organização internacional de falantes de Esperanto, com membros em 120 países (segundo seu anuário de 2008) e relações oficiais com as Nações Unidas e a Unesco. Além dos cerca de seis mil sócios individuais, as 67 seções nacionais filiadas à UEA contribuem com 12 mil sócios. O atual presidente para o período 2007-2013 é o linguista indiano Probal Dasgupta..

1954

Após a segunda grande guerra, o esperanto reergueu-se. Em 1954, a UNESCO passou a reconhecer formalmente o valor do esperanto para a educação, a ciência e a cultura, e, em 1985, novamente a UNESCO recomendou aos países membros a difusão do esperanto.

Deixar uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *